segunda-feira, 22 de julho de 2013

Hoax, Marketing Viral e Pulhas Virtuais.

Circulam pela Internet centenas de BOATOS, CORRENTES, ABAIXO ASSINADOS e PETIÇÕES, espalhados como iscas por hackers, cujo único propósito é capturar endereços de e-mail, perfis de redes sociais, IP de celulares e senhas. Em seguida, vincularm os perfis dos usuários como "Assinantes" compulsórios de suas páginas maliciosas.

Atraem as pessoas com temas de forte apelo, como crianças doentes ou desaparecidas, remédio e alimentos que produzem curas milagrosas ou que contém contaminações terríveis, alegações de que "o Facebook vai doar dinheiro a cada curtida" ou que o Facebook vai ser pago, etc, etc...
Tudo falso, ilegal e sem nenhum efeito prático...

Porém, é importante alertar que isso NÃO É UMA SIMPLES BRINCADEIRA! Pelo contrário, são armadilhas que podem prejudicar a você e a seus amigos.

Essas matérias, conhecidas como hoax, Marketing Viral, pulha eletrônica, embuste, pegadinha viral, etc, quase sempre são promovidas por grandes multinacionais criadas e mantidas por hackers (veja a lista de algumas abaixo) que usam a boa fé das pessoas para faturarem milhões. 


Hoje o grande filão desses hackers são os falsos Abaixo-Assinados e Petições, iludindo os cidadãos com a expectativa de alguma ação efetiva, mas que não têm qualquer efeito prático, uma vez que não atendem os requisitos da Lei 9.709/98 (Lei da Iniciativa Popular), segundo a qual o "assinante" da petição deve acostar o número do respectivo título de eleitor e de identificação, além de comprovar que não admite assinatura duplicada do mesmo eleitor.    

Como eles agem?

De posse do endereço de e-mail, que hoje é usado como chave de login em vários sites, inclusive de compras, eles podem chegar até mesmo aos dados de cartão de crédito, além de venderem esses endereços para spammers do mundo inteiro que depois os utilizam para espalharem outros virais.
 

Exemplos de imagens usadas em hoaxes mais comuns.

Por outro lado, quando você CURTE ou COMPARTILHA uma dessas matérias nas redes sociais, esses hackers "te usam" de duas formas: vinculam compulsoriamente o seu perfil como "Assinante" da página, contabilizando mais um usuário "cativo" e, além disso, usam os milhares (ou milhões) de "LIKES" ou "SHARE" para se auto promovem!


Com respaldo nessa falsa popularidade conseguem angariar milhões de dólares de ONG's e patrocinadores ingênuos e, sobretudo, utilizam-na para RESPALDAR contratos de repasse com governos e instituições públicas.
Foi justamente uma dessas organizações (a Avaaz.com) que "patrocinou" a frustrada coleta de 1.600.000 assinaturas da campanha "Fora Renan", cujo resultado prático não deu em nada, pois o suposta abaixo assinado era ilegal.


Vejam a relação de algumas dessas empresas:

"AVAAZ",
"Causes.com",
"Change.org",
"Se Me Odeia Deita na BR",
"Coração Apaixonado";
"Quem tá Vivo Curte",
"Quero Amor para a vida toda","Véi na Boa",
"AnonymousBrasil",
"Petição Pública Brasi",
"Movimento Gota Dágua",
"Petição 24" e muitas outras...


Leia mais sobre origens e detalhes dessas matérias, clicando AQUI.

Clique AQUI e Veja AQUI centenas de exemplos de Hoaxes que circulam pela Internet.

Márcio.


Nenhum comentário: