terça-feira, 21 de julho de 2015

Tantos deuses iguais!

1 - Tamuz:

Tamuz no colo da mãe

    (Divindade Suméria, 4.000 anos a.C)
  • Fazia milagres
  • Curava doentes
  • Morto, foi sepultado numa catacumba coberta por uma pedra
  • Ressuscitou ao terceiro dia, deixando a pedra de lado.

2 - Hórus:

Hórus

    (Divindade Egípcia, 3.000 anos a.C):
  • Nasceu no dia 25 de Dezembro
  • Filho de uma virgem, Isis-Meri
  • Nasceu em uma manjedoura
  • Uma estrela assinalou o local do seu nascimento
  • Ao nascer, três reis vindos do oriente lhe trouxeram presentes
  • Aos 30 anos foi batizado num rio pelo Profeta Anud
  • Viajava pelo mundo e pregava a palavra de Deus aos povos
  • Era seguido por 12 discípulos
  • Fazia milagres
  • Curava doentes
  • Ressuscitou um morto chamado El-Azar-Us
  • Andou sobre as águas
  • Era reconhecido pelo povo egípcio como o Filho Adorado de Deus, A Luz, A Verdade Eterna, O Cordeiro de Deus, O Bom Pastor
  • Conhecido pelo título Krst (que significa messias ou cristo em hebraico)
  • Resistiu durante 40 dias no deserto, contra as tentações do demônio Seth
  • Pregava uma trindade divina composta por um pai, um filho e um espírito santo denominados Atom, Hórus e Rá
  • Foi traído por Tifão, um de seus discípulos
  • Pouco antes de morrer, realizou uma cerimônia denominada comunhão, na qual dividiu pão e vinho com seus discípulos
  • Foi crucificado, morto e sepultado
  • Ressuscitou ao terceiro dia
  • Subiu aos céus, onde foi viver ao lado do deus maior todo poderoso.

3 - Attis de Frigia:

Attis

    (Divindade Grega, 1.200 anos a.C)
  • Nasceu no dia 25 de Dezembro
  • Filho de uma virgem, Nana
  • Fazia milagres
  • Ressuscitou mortos
  • Profetizava e pregava a palavra de Deus aos povos
  • Foi crucificado, morto e sepultado
  • Ressuscitou ao terceiro dia

4 - Krishna:

Krishna

    (Divindade Indiana, 3.200 anos a.C)
  • Filho de uma virgem, Devaki
  • Uma estrela assinalou o local do seu nascimento
  • Ao nascer, pastores lhe deram de presente ouro, incenso e mirra
  • Fazia milagres
  • Pregava uma trindade divina composta por um pai, um filho, que era ele próprio, e um espírito santo
  • Foi morto e sepultado
  • Ressuscitou ao terceiro dia

5 - Dionísio:

Dionísio (ou Baco)

    (Divindade Grega, 500 anos a.C)
  • Nasceu em 25 de Dezembro
  • Filho de uma virgem, Sémelle
  • Quando criança um rei perverso tentou matá-lo
  • Fazia milagres
  • Transformou água em vinho
  • Multiplicou poucos peixes para alimentar uma multidão
  • Viajava pelo mundo e pregava a palavra de Deus aos povos
  • Era reconhecido pelo povo grego como o Rei dos Reis, Filho mais Pródigo de Deus
  • Foi morto e sepultado
  • Ressuscitou ao terceiro dia.

6 - Mithra:

Mithra

    (Divindade Persa, 1.200 anos a.C)
  • Nasceu em 25 de Dezembro
  • Filho de uma virgem
  • Três pastores vindos do oriente lhe trouxeram presentes
  • Viajava pelo mundo e pregava a palavra de deus aos povos
  • Era seguido por 12 discípulos
  • Ensinava que devotos se chamassem de irmãos e se saudassem com "Louvai a Deus" (Hallelu Yah em Hebraico ou Aleluia em Português)
  • Fazia milagres
  • Era reconhecido como o Cordeiro de Deus, A Luz e A Verdade
  • Morto e sepultado
  • Ressuscitou ao terceiro dia

7 - Budha:

Budha

    (Divindade Indu, 620 anos a.C)
  • Filho da rainha Mayadevi
  • Concebido sem envolvimento sexual
  • Aos 30 anos foi batizado e iniciou a vida espiritual
  • Fazia milagres
  • Curava doentes
  • Andou sobre as águas;
  • Pregava a palavra de Deus aos povos por meio de parábolas, inclusive sobre “O Filho Pródigo”
  • Multiplicou poucos pães para alimentar 5.000 pessoas e ainda sobrou
  • Três dias após a “desencarnação” voluntária, subiu aos céus

8 - Hércules:

Hércules

    (Divindade Grega, 300 anos a.C)
  • Nasceu em 25 de Dezembro
  • Filho de uma virgem, Alcmena
  • Foi impiedosamente tentado por forças do mal
  • Após sua morte, ressuscitou e foi para os céus.
NOTAS:
  1. O autor é cristão praticante, razão pela qual não emite nenhum juízo de valor na presente postagem. 
  2. A matéria apenas transcreve informações pertinentes ao acervo histórico, mitológico e cultural, com conotação exclusivamente antropológica e informativa.
  3. O conteúdo reúne as oito seitas místicas ou mitológicas de maior importância cultural na história da humanidade, nas quais coincidem pelo menos quatro fundamentos doutrinários. No entanto, se fosse feito um levantamento considerando apenas a natividade virginal e a ressurreição e que incluísse seitas antigas e atuais conhecidas, estas certamente somariam centenas.

Nenhum comentário: